CARREGANDO...

Dentista gratuito pelo SUS – Como funciona o programa Brasil Sorridente

Continua após a publicidade..

Agora é possível receber um tratamento dentário completamente gratuito pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sem burocracias e longas filas de espera. Essa oportunidade é viável por meio do Programa Brasil Sorridente do governo. Acompanhe este artigo para obter todas as informações necessárias.

O programa Brasil Sorridente tem como principal objetivo oferecer serviços odontológicos a pessoas que enfrentam dificuldades no acesso e não possuem recursos financeiros para pagar por tratamentos. Por essa razão, profissionais como dentistas, auxiliares e técnicos da área odontológica integram essa iniciativa.

Continua após a publicidade..

A maioria dos municípios está disponibilizando esse serviço através do SUS, e nos últimos tempos o Ministério da Saúde tem feito grandes investimentos nas Unidades Básicas de Saúde, visando ampliar o acesso da população aos serviços odontológicos, mesmo para aqueles que não possuem recursos financeiros para arcar com os custos.

Primeiramente, a pessoa interessada deve utilizar o aplicativo ConectSus para localizar uma unidade de saúde que ofereça o serviço desejado. Após efetuar o cadastro e o login, é necessário acessar o menu e verificar os serviços disponíveis, sendo importante observar a opção “saúde bucal”. Em seguida, basta avançar para encontrar a Unidade de Saúde mais próxima e iniciar o tratamento com um dentista qualificado.

Como obter atendimento odontológico gratuito pelo SUS

O SUS (Sistema Único de Saúde) é um programa governamental que tem como objetivo fornecer assistência médica de qualidade e gratuita para todos os cidadãos brasileiros. Dessa forma, qualquer indivíduo pode se dirigir a um posto de saúde, realizar o cadastro e solicitar atendimento, sem incorrer em nenhum custo financeiro.

Considerando essa perspectiva, é evidente que a higiene bucal e a saúde oral são igualmente importantes, e, portanto, o acesso a tratamentos dentários deve ser provido gratuitamente, como ocorre através do programa Brasil Sorridente. Cuidar da saúde dos dentes é fundamental para desfrutar de uma boa qualidade de vida.

Conscientes dos altos custos dos tratamentos dentários, o SUS oferece atendimento gratuito à população, abrangendo consultas e tratamentos por meio desse programa. Além dos postos de saúde, existem também os Centros de Especialidades Odontológicas, que fornecem assistência odontológica especializada.

Quem possui direito ao atendimento odontológico gratuito pelo SUS?

Por ser uma questão de saúde pública e um direito de todos os cidadãos brasileiros, qualquer pessoa tem o direito de receber tratamento odontológico pelo SUS. Portanto, independentemente da situação financeira, todos os brasileiros podem se cadastrar e participar do programa Brasil Sorridente.

Continua após a publicidade..

É fundamental destacar que ainda existem limitações na infraestrutura de atendimento, resultando em longas filas de espera. Nessas situações, é dada prioridade às famílias de baixa renda e aos casos de maior urgência.

Procedimentos estéticos, como clareamento dentário, lentes de contato dental, facetas dentárias e outros similares, não são prontamente disponibilizados pelo SUS. Nesses casos, é recomendado buscar um consultório odontológico particular.

Descubra como obter um implante dentário gratuitamente através do SUS

Se você necessita de um implante dentário e não dispõe de recursos financeiros para custeá-lo, é possível obtê-lo através do SUS. Os implantes dentários consistem em cirurgias realizadas para substituir dentes ausentes, onde um cilindro de titânio é inserido no osso, abaixo da gengiva, ocupando o lugar da raiz do dente.

Sobre essa nova base, é instalado o dente substituto. O implante é recomendado para pacientes que perderam um dente devido a diferentes motivos, ou em situações em que o dente precisa ser extraído por razões específicas. Além disso, algumas pessoas buscam realizar implantes por questões estéticas.

Para realizar o implante, é necessário estar em boa saúde, pois pessoas que possuem condições médicas como diabetes, anemia, doenças crônicas, infecções e pressão alta devem estar sob tratamento médico adequado e medicadas para que possam passar pelo procedimento.

Exames que são indispensáveis para a realização de um implante dentário

Antes de proceder com a colocação do implante, o dentista solicitará dois exames: uma tomografia computadorizada para obter informações detalhadas sobre a altura e largura do osso e uma radiografia panorâmica para avaliar a condição e a altura óssea, permitindo um planejamento cirúrgico mais preciso.

A avaliação do osso localizado abaixo da gengiva é fundamental, e é igualmente recomendado realizar outros exames para verificar a condição geral da saúde do paciente, incluindo a detecção de infecções, níveis de glicose e outros exames adicionais que o profissional considere necessários.

Durante a cirurgia, o paciente recebe anestesia e é realizada uma incisão com um bisturi para acessar a área em que se planeja inserir o implante no osso. Em seguida, os implantes são posicionados e suturas são feitas para unir novamente as bordas da gengiva. A duração da cirurgia varia de uma a duas horas, dependendo das circunstâncias.

Rolar para cima